Cláudia News

Policial penal mata homem com 5 tiros em rua de Lucas

O autor do crime se apresentou como policial penal e contou sua versão

Renamancio da Silva Gomes, 37, morreu na noite de sábado (5), após ser atingido por 5 tiros disparados por um policial penal, que estava na sua casa quando a filha da vítima entrou pedindo socorro, alegando que o pai estava tentando matar a mãe.

 

Segundo as informações, por volta das 22h15, polícia foi acionada após populares ouvirem vários tiros e encontrarem a vítima caída no chão, do lado de fora da casa. O autor do crime se apresentou como policial penal e contou sua versão.

 

Ele estava sentado na área de casa quando uma jovem encontrou no local gritando por ajuda. O policial flagrou a vítima correndo atrás da esposa. Por isso, ele atirou duas vezes contra o homem, que caiu.

 

Em seguida, se levantou novamente e tentou puxar algo da cintura, sendo baleado mais uma vez. Já baleado com 4 tiros, ele ameaçou a se levantar para cima do atirador, que reagiu com o último tiro. Ele não levantou mais.

 

Polícia foi acionada, bem como o corpo de bombeiros. Renamancio foi socorrido, mas não resistiu e acabou morrendo no Hospital São Lucas. O policial penal foi levado para a delegacia e o caso será investigado.

Fonte

Yuri Ramires - Gazeta Digital
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Policial penal mata homem com 5 tiros em rua de Lucas

Yuri Ramires - Gazeta Digital

Renamancio da Silva Gomes, 37, morreu na noite de sábado (5), após ser atingido por 5 tiros disparados por um policial penal, que estava na sua casa quando a filha da vítima entrou pedindo socorro, alegando que o pai estava tentando matar a mãe.

 

Segundo as informações, por volta das 22h15, polícia foi acionada após populares ouvirem vários tiros e encontrarem a vítima caída no chão, do lado de fora da casa. O autor do crime se apresentou como policial penal e contou sua versão.

 

Ele estava sentado na área de casa quando uma jovem encontrou no local gritando por ajuda. O policial flagrou a vítima correndo atrás da esposa. Por isso, ele atirou duas vezes contra o homem, que caiu.

 

Em seguida, se levantou novamente e tentou puxar algo da cintura, sendo baleado mais uma vez. Já baleado com 4 tiros, ele ameaçou a se levantar para cima do atirador, que reagiu com o último tiro. Ele não levantou mais.

 

Polícia foi acionada, bem como o corpo de bombeiros. Renamancio foi socorrido, mas não resistiu e acabou morrendo no Hospital São Lucas. O policial penal foi levado para a delegacia e o caso será investigado.

Inscreva-se Newsletter

Inscreva-se em nossa newsletter e receba em primeira mão nossas novidades!
[CARREGANDO...]

Parceiros