Cláudia News

Mulher que estava indo trabalhar morre em colisão entre moto e caminhão no Nortão

Mulher que estava indo trabalhar morre em colisão

Leandro Aluisio

 

 

O velório de Zilda Maria de Lima, 42 anos, está previsto para ocorrer, hoje à noite, na capela municipal, em Cláudia (90 quilômetros de Sinop). De acordo com informações de uma funerária, o sepultamento vai ser nesta sexta-feira, à 8h. Ela trabalhava de serviços gerais em uma madeireira, era casada e tinha três filhos.

Zilda Maria morreu, esta manhã, no acidente envolvendo uma Honda Biz preta e um caminhão basculante, que ocorreu no cruzamento das ruas Hermes da Fonseca e José de Mesquita, na região central de Cláudia. Uma ambulância chegou a ser acionada para fazer os atendimentos, mas ela já estava sem vida.

De acordo com o tenente da Polícia Militar, Fernando Borges de Oliveira, inicialmente foi apontado por testemunhas que houve uma invasão do caminhão da via preferencial. A mulher estava indo trabalhar em uma madeireira quando foi atingida. No local, não há placas de sinalização indicando parada obrigatório para os motoristas.

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) de Sinop analisou o local para apontar as circunstâncias de como ocorreu a colisão. Uma equipe da Polícia Civil registrou a ocorrência e começa apurar as responsabilidades pelo acidente. 

atualizada as 17;13 horas

 

 

Fonte

So noticias
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Mulher que estava indo trabalhar morre em colisão entre moto e caminhão no Nortão

So noticias

 

 

O velório de Zilda Maria de Lima, 42 anos, está previsto para ocorrer, hoje à noite, na capela municipal, em Cláudia (90 quilômetros de Sinop). De acordo com informações de uma funerária, o sepultamento vai ser nesta sexta-feira, à 8h. Ela trabalhava de serviços gerais em uma madeireira, era casada e tinha três filhos.

Zilda Maria morreu, esta manhã, no acidente envolvendo uma Honda Biz preta e um caminhão basculante, que ocorreu no cruzamento das ruas Hermes da Fonseca e José de Mesquita, na região central de Cláudia. Uma ambulância chegou a ser acionada para fazer os atendimentos, mas ela já estava sem vida.

De acordo com o tenente da Polícia Militar, Fernando Borges de Oliveira, inicialmente foi apontado por testemunhas que houve uma invasão do caminhão da via preferencial. A mulher estava indo trabalhar em uma madeireira quando foi atingida. No local, não há placas de sinalização indicando parada obrigatório para os motoristas.

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) de Sinop analisou o local para apontar as circunstâncias de como ocorreu a colisão. Uma equipe da Polícia Civil registrou a ocorrência e começa apurar as responsabilidades pelo acidente. 

atualizada as 17;13 horas