Cláudia News

Joinville 4 x 2 Luverdense - LEC vacila e Bragantino agradece!

O resultado da Arena Joinville acabou classificando o Massa Bruta para as quartas de final da Série C

Joinville, SC, 05 (AFI) - O Luverdense precisava da vitória sobre o rebaixado Joinville para chegar na última rodada com chances de classificação às quartas de final e chegou a abrir o placar no primeiro minuto, mas vacilou e perdeu por 4 a 2, na Arena Joinville, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C.

Com o tropeço, o Luverdense estacionou nos 21 pontos e, em quinto lugar no Grupo B, só cumpre tabela na última rodada contra o Operário-PR, no próximo sábado, às 17 horas, em Lucas do Rio Verde. Quem comemorou foi o Bragantino, que garantiu a classificação antecipada.


Já rebaixado, o Joinville é lanterna da chave, com 13 pontos, e se despede da Série C também no próximo sábado, contra o Volta Redonda, no Estádio Raulino de Oliveira. O Voltaço é o oitavo colocado e depende apenas de si para escapar do rebaixamento.

QUE COISA

Um fato que chamou a atenção foi o número de cartões amarelos mostrados pelo árbitro piauiense Antonio Dib Moraes de Sousa. Cinco jogadores do Joinville foram punidos e seis do Luverdense.

Mesmo rebaixado, Joinville ganhou do Luverdense e classificou o Bragantino
 
Mesmo rebaixado, Joinville ganhou do Luverdense e classificou o Bragantino
PRIMEIRO TEMPO
A partida começou bastante aberta na Arena Joinville. Logo no primeiro minuto, Paulo Renê abriu o placar para a Luverdense, que poderia ter ampliado na sequência com Rubinho. Na primeira chegada, o Joinville deixou tudo igual aos oito, quando Breno completou, de cabeça, cruzamento de Michel Schmöller.

Três minutos depois, no contra-ataque, o JEC virou. Breno escapou da marcação e cruzou para Jean Lucas bater sem chances para o goleiro. O Luverdense sentiu os dois gols seguidos dos donos da casa e Kadu só não fez o terceiro porque chutou em cima de Diogo Silva.

Aos 33, Kadu arriscou de fora da área e o goleiro quase se complicou na hora de fazer a defesa. O Luverdense respondeu com Tiarinha, mas Matheus evitou o empate. 

SEGUNDO TEMPO

Precisando da vitória para seguir com chances de classificação, o Luverdense fez duas alterações no intervalo e quase empatou no primeiro minuto do segundo tempo. Cleberson Tiarinha finalizou e Matheus espalmou para escanteio. Depois foi a vez de Rubinho assustar, mas a cabeçada foi nas mãos do goleiro.

No contra-ataque, Marlyson invadiu a área, mas demorou muito para finalizar e deu tempo para Caíque se recuperar. O Joinville fez o terceiro aos 30. Kadu chutou, Diogo Silva rebateu e Adriano, na hora de completar, foi empurrado pelo marcador. O árbitro assinalou pênalti, convertido pelo próprio atacante.

O Luverdense diminuiu aos 37. Itaqui ajeitou cobrança de escanteio e Paulo Renê completou. Dois minutos depois, o balde de água fria. Adriano tabelou com Lucas Machado e fez o quarto do Joinville.

 

 
 

Fonte

Agência Futebol Interior
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Inscreva-se Newsletter

Inscreva-se em nossa newsletter e receba em primeira mão nossas novidades!
[CARREGANDO...]

Parceiros

Veja também

Na despedida de Cuca, Santos empata no fim com o Fluminense na Vila Belmiro

Na despedida de Cuca, Santos empata no fim com o Fluminense na Vila Belmiro

Depois do vice-campeonato da Libertadores, Cuca alegou desgaste no Santos e optou por sair

Torcedor doa R$ 1 milhão para Inter escalar Rodinei

Torcedor doa R$ 1 milhão para Inter escalar Rodinei

A quantia é o que o clube precisa para utilizar o lateral-direito Rodinei contra o Flamengo, neste domingo, pelo...

Atacante Mikael, do Sport, desperta interesse de time alemão

Atacante Mikael, do Sport, desperta interesse de time alemão

Jogador que tem apenas 21 anos e que está no clube pernambucano desde 2018

Antes de enfrentar o Santos, Atlético-MG é o melhor mandante do Brasileirão

Antes de enfrentar o Santos, Atlético-MG é o melhor mandante do Brasileirão

Equipe comandada por Jorge Sampaoli precisa do triunfo para manter vivo o sonho de conquistar o troféu nacional